Estadia e afins em Guararema

A cidade de Guararema, na região Metropolitana de São Paulo, possui atrações turisticas que chamam a atenção não só dos moradores do Alto Tietê, mas de outras cidades. O município, que fica a 81 quilômetros da capital, está localizado no extremo leste da Grande São Paulo, na região do Vale do Paraíba, no interior paulista. Por conta das belezas naturais, Guararema vem apostando no turismo como uma nova fonte de recursos para o desenvolvimento socioeconômico, com seus vários atrativos naturais e histórico-culturais.

Conheça alguns pontos turísticos da cidade:

Ilha Grande

Ilha Grande, situada no centro de Guararema (Foto: Divulgação)

Ilha Grande, situada no centro de Guararema (Foto: Divulgação)

Como o nome já diz, trata-se de uma ilha do Rio Paraíba do Sul, localizada no centro da cidade. O espaço foi reurbanizado e ganhou trilhas que percorrem o local. A ilha também oferece playground para crianças, área para prática de exercícios físicos e jardins.

Além disso, a Ilha Grande conta com o Núcleo de Educação Ambiental (NEA), espaço destinado aos debates e aprendizado sobre os assuntos que permeiam a preservação e o respeito pelo meio ambiente.

Parque da Pedra Montada

Parque da Pedra Montada. Vai lá que é "mó da hoga"

Parque da Pedra Montada. Vai lá que é “mó da hoga”

O espaço foi construído ao redor de uma bela sobreposição de pedras – cada uma medindo cerca de 9 metros de comprimento por 2,5m de altura.

O Parque Municipal da Pedra Montada oferece acesso confortável ao turista, fazendo do trajeto até as pedras um agradável passeio. Atualmente, o espaço está fechado para reformas. A prefeitura ainda não tem uma data para a reabertura do local. O parque fica na Estrada Municipal de Guararema, no bairro Lagoa Nova, quilômetro 8.

Recanto do Américo ou Pau D´Alho

Recanto do Américo, também conhecido como Pau D´alho

Recanto do Américo, também conhecido como
Pau D´alho

Espaço que foi reurbanizado em 2011 e, atualmente, é um dos pontos mais procurados da cidade. A prefeitura o considera como o cartão postal da cidade.

O Recanto do Américo oferece em toda a sua extensão uma área cheia de recursos naturais, que se interligam em uma praça com quiosques, bancos, alambrados, decks com vista panorâmica, banheiros e lanchonete. As pontes que interligam a praça às ilhas foram construídas sob especificações de normas canadenses e levam o visitante a diferentes pontos sobre as águas do Rio Paraíba do Sul.

Igreja Nossa Senhora da Escada

Igreja Nossa Senhora da Escada (Foto: Divulgação)Igreja Nossa Senhora da Escada é conhecida por ter imagem de São Longuinho.

A igreja possui uma arquitetura tipicamente barroca, com suas paredes construídas em taipa de pilão. O Arraial da Escada representa a formação do próprio município de Guararema. Situada no bairro da Freguesia da Escada, a 3,5 quilômetros do centro da cidade, a igreja resistiu à ação do tempo, passou por reformas e ampliações até ser tombada pelo Patrimônio Histórico Nacional, no dia 25 de janeiro de 1941.

Em 1982, a Igreja passou por uma reforma definitiva, quando foi construída a praça em frente. Esta é a única Igreja do Brasil que possui a imagem de São Longuinho em altar, conhecido popularmente como o Santo dos objetos perdidos.

Orquidário de Guararema

O Orquidário Pérola do Vale, conhecido como Orquidácea,

é o fruto de uma história de amor entre Roberto Giorchino e as orquídeas, que começou ainda na mocidade, quando era estudante. Sua mãe, D. Cecília B. Giorchino, possuía em casa, aproximadamente trinta vasos e nos períodos de descanso dos estudos, ele ajudava a cuidar de suas plantas, o que lhe trouxe experiência e amor pelo cultivo das orquídeas.

Em fins da década de setenta, faleceu o renomado orquidófilo, Sr. José Dias Castro que possuía um acervo muito significativo. Roberto Giorchino, por sua vez, vislumbrando o futuro, adquiriu aquelas plantas, levando-as para Guararema, com um clima ideal, onde fundou, em meados de 1979, o Orquidário Pérola do Vale, hoje conhecido nacionalmente como Orquidácea.

Considerado por seus clientes e admiradores das orquídeas, um dos melhores orquidários do Brasil, em termos de organização, limpeza e qualidade de cultivo, a Orquidácea produz, em média, 150.000 mudas / ano, atendendo, sempre as últimas tendências do mercado, com as melhores matrizes nacionais e internacionais.

Orquídeas no Orquidário de Guararema

Orquídeas no Orquidário de Guararema

Onde ficar:

Peguei uma lista de estadias do site da prefeitura de Guararema. Aí vão:

ADPM
Rua João Barbosa de Oliveira, 1810 – Nova Guararema
Tel.:4693-4646
www.adpmguararema.com.br

Água da Onça
Estrada do Candinho, 1386 – Itapeti
Tel.: 4693-2961
www.pousadaaguadaonca.com.br

Pousada Arandela
Estrada Municipal Romeu Tangarelli, 612 – Ponte Alta
Tel.: 4693-1959 – 4693-3427
www.pousadaarandela.com.br

Pousada Calil
Rua 23 de Maio, 415 – Centro
Tel.: 4693-2556
www.pousadacalil.com.br

Chez Lilly
Rua Admeleto Gasparini, 149 – Itaoca
Tel.: 4693-5621
www.chezlili.com.br

Guararema Parque Hotel Resort
Rua D´Ajuda, 438 – D´Ájuda
Tel.: 4693-8800
www.guararemahotel.com.br

Grande Hotel Guararema
Rua Marcondes Flores, 495 – Centro
Tel.: 4693-4744
www.doneugenio.com.br

Pousada Maria Florência
Rua D´Ájuda, 351
Tel.: 4693-4363
www.pousadamariaflorencia.com.br

Pintado na Brasa
Rua José Marcelini, 1049 – Cerejeira
Tel.: 4693-2594
www.pintadonabrasa.com.br

Hotel São Pedro
Rua D´Ájuda, 409 – D´Ájuda
Tel.: 4693-1506
www.doneugenio.com.br

Sapucaia Restaurante
Rua João Barbosa de Oliveira, 1279 – Nova Guararema
Tel.: 4693-3721
www.pousadasapucaia.com.br

Vale do Sonho Hotel e Eventos
Rua João Barbosa de Oliveira, 1888 – Nova Guanabara
Tel.: 4693-2510
www.valedosonho.tur.br

Como chegar:

Bom, eu não sei um jeito fácil de se chegar em Guararema. Vou só informar os jeitos que eu conheço:

De carro:

  • de São Paulo: siga pela Marginal Tietê, Rod. Ayrton Senna e Carvalho Pinto até a Rod. Nicola Capuci. Siga as placas para Guararema.
  • do Vale do Paraíba: siga pela Rod. Dutra ou Rod. Ayrton Senna/Rod. Carvalho Pinto. Logo após passar a entrada de Jacareí/Santa Branca, fique ligado pois a próxima entrada é a de Guararema. Assim que chegar na Nicola Capuci, fique esperto nas placas.
  • do ABC: pegue a Índio Tibiriçá e seja feliz.
  • do Litoral paulista: pode vir pela Mogi-Bertioga ou pelo sistema Anchieta/Imigrantes e, como no item anterior, seja feliz.

De ônibus:

  • de São Paulo: na rodoviária do Tietê, pegue o ônibus direto para Guararema pela viação Pássaro Marron (http://www.passaromarron.com.br/).
  • do ABC: há um ônibus da viação cometa (http://www.viacaocometa.com.br/pt/) que sai do litoral sul e vem para as bandas do Alto Tietê. Pegue-o e aproveite para colocar o sono ou a leitura em dia. Só tem um problema: este ônibus não passa em Guararema. A minha dica é que você não leve nada e vá para Guararema pedalando. São 20km com uma serra descendo no meio do caminho. Se fizer isso à noite, cuidado com a Noiva de Sabaúna :
  • do Vale do Paraíba: existem ônibus da viação cometa e da pássaro marrom saindo de Aparecida e São José dos Campos, respectivamente. Ao chegar em Mogi das Cruzes, vá pedalando para Guararema.
  • do Rio de Janeiro: venha pela viação util (http://www.util.com.br/). Ao chegar em Mogi das Cruzes, vá pedalando para Guararema.

A volta para São Paulo também pode ser realizada por trens da CPTM e do METRO. Nos finais de semana e feriados pode-se embarcar  tranquilamente com a sua bicicleta nas composições da CPTM e do METRO. Qualquer dúvida, consulte o site da CPTM:http://www.cptm.sp.gov.br/e_noticias/Campanhas/ciclista_cidadao.asp

Em caso de desistência:

Em caso de desistência durante a prova, por qualquer motivo que seja, o randonneur deverá se deslocar até a cidade mais próxima para pegar um ônibus ou pegar carona na estrada.

No percurso, o randonneur poderá encontrar ônibus para algum lugar em todas as cidades que passar. Em Igaratá, Nazaré Paulista e em Atibaia ele poderá encontrar ônibus para Mogi das Cruzes. Em Piracaia e Joanópolis, dependendo do horário, poderá encontrar ônibus para São Paulo. Já em Extrema e Camanducaia, só para São Paulo ou Bragança.

Porém, digo que se for por cansaço, eu sugiro que volte para Guararema pedalando. Estude os mapas da região para poder pegar um atalho.

This entry was posted in Uncategorized and tagged , , , , , . Bookmark the permalink.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s