Um pouco sobre o brevet de 200km bananalense, como chegar e outras informações.

Chegando em Bananal:

Quem quiser ir de ônibus para Bananal a viação Pássaro Marrom mantém uma linha que sai da Rodoviária Tietê e vai para Bananal (é um ônibus pinga-pinga), que sai de São Paulo na sexta-feira, às 16hs.

Os que não puderem pegar o ônibus neste horário, podem ir pela viação Cometa até a cidade fluminense de Barra Mansa. Barra Mansa está a 25km de Bananal. Se chegarem em Barra Mansa até às 16h, tem um ônibus que vai para Bananal. Depois disso, só pedalando mesmo. Mas é pertinho!

Para quem for de carro, só ir pela Rodovia Via Dutra direto toda vida. Existem três opções para chegar lá:

  • Pegar a saída 34 da Dutra e ir “por dentro”, por Silveiras, via SP 68 (Estrado dos Tropeiros) aí já dá pra ir conhecendo a estrada do brevet;
  • Pegar a saída 9 da Dutra e ir por Queluz e também conhecer um bom trecho da rota do brevet (também pela SP 68);
  • Pegar a saída 273 da Dutra (já dentro do estado do Rio de Janeiro) e acessar Bananal por Barra Mansa. Tem placas é bem facil de chegar. Por este caminho vocês não vão conhecer a estrada do brevet… mas é bem mais expresso e rápido que os outros.

Aqui vão umas dicas de pouso em Bananal:

http://pousadatrilhadoouro.com.br/ (chic)

http://pousadamoreira.com/ (simples e limpinha)

http://www.pousadaamiga.com/ (fofa)

http://www.explorevale.com.br/pousadadk/ (simples e limpinha)

http://www.hotelfazendatresbarras.com.br/ (chiqueza pura)

Bananal!!

Bananal é uma cidade fofa no interior de São Paulo, divisa com o Rio de Janeiro, que já foi muito rica no passado e ostenta em suas ruas um conjunto de casarões coloniais de encher os olhos. Tem quase 10 mil habitantes e suas ruas de paralelepípedos são super calmas e tranquilas.

Conheça mais em http://www.bananal.sp.gov.br/

Além disso, Bananal tem um grande acervo de belezas naturais, pois está situado na Serra da Bocaina, onde há dezenas de cachoeiras, pequenas propriedades rurais com produção propria de doces, leite, queijos e artesanatos.

Por estar na Serra da Bocaina, as estradas que saem e chegam em Bananal são montanhosas e, por isso, palco ideal para uma prova do Randonneurs Mogi!

Local da Largada com Café da Manhã Colonial

Para que os ciclistas entrem no clima do local e da região, escolhemos fazer a largada na Fazenda dos Coqueiros!!

Conheça mais em http://www.fazendadoscoqueiros.com.br/

É uma fazenda da época dos barões de café construída em 1855 e é a mais preservada em sua originalidade da região.

Será oferecido um café da manhã colonial aos ciclistas, pelo valor de R$10,00, com café com leite, suco, bolo de fubá, pão e manteiga. Quem quiser o café deverá pagar este valor a mais no ato da inscrição (total de R$60,00).

O PERCURSO E OS PCs

Trata-se de um percurso 99,9% asfaltado, pois a saída da Fazenda dos Coqueiros tem uns pedregulinhos. São cerca de 100m.

Os ciclistas vão pedalar pela Rodovia dos Tropeiros sentido Silveiras (virar à direita na rodovia ao sair da Fazenda).

Essa estrada cruza alguns bairros, distritos e municípios da região chamada de Vale Histórico. Logo saindo da Fazenda o primeiro distrito será o de Arapeí, logo depois o bairro do Formoso (onde ainda existe uma televisão na praça, reparem!), o município de São José do Barreiro e depois Areias, onde será o PC1.

O PC1 (61km) será no BAR SANT’ANNA (azul, bem no centrinho, em frente ao largo da igreja matriz). Façam um consumo no bar, peguem uma notinha para convalidar sua passagem no PC virtual.

Lembramos que em nossas provas nós não carimbamos o passaporte nos PCs, nem necessariamente alguém da organização vai estar por lá. Todos os PCs são o que chamamos de “virtual”.

Seguindo pela Rodovia dos Tropeiros o ciclista vai passar por uma rotatória onde deverá seguir direto sentido Silveiras (não seguir para Queluz, à direita).

Ao chegar ao portal de Silveiras, logo após o portal, o ciclista deve entrar à esquerda e seguir rumo ao bairro dos Macacos. É neste trecho que a altimetria pega, pois tem um serra de respeito.

O PC2 (109,6km) será no Bairro dos Macacos, no Restaurante do Agnaldo, onde o ciclista poderá almoçar (preço do PF muito bem servido R$12,00) e também se refrescar no chuveiro que tem no bar.

Aí, pessoal, é só voltar. O PC3 (157km) será o mesmo do PC1, em Areias, no BAR SANT’ANNA.

Atenção: a chegada não será na Fazenda dos Coqueiros, pois até lá seriam 220km… por isso, vamos brevetar os ciclistas que chegarem até o horário limite no distrito de Arapeí, onde será a chegada. Os voluntários estarão por lá esperando vocês!

Tenham certeza que será um brevet duro e muito bonito, na mesma medida.

PC-1

PC-1 em Areias

PC-2 no Bairro das Colinas, ou Bairro dos Macacos, como é mais conhecido.

PC-2 no Bairro das Colinas, ou Bairro dos Macacos, como é mais conhecido.

This entry was posted in Bairro dos Macacos, Bananal, informações. Bookmark the permalink.

One Response to Um pouco sobre o brevet de 200km bananalense, como chegar e outras informações.

  1. Pingback: Alguns comentários sobre o percurso do brevet do próximo dia 12/12/2015 | Randonneurs Mogi das Cruzes

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s