Briefing Virtual: BRM 200 km Misto da Nascente do Tietê – Março/2021

Largada

Leia o nosso post sobre como será o protocolo de largada.

Rota

Fizemos várias alterações em relação a rota de 2020. O percurso foi invertido e com alterações no trecho de terra, para que as chuvas de fim de tarde, comuns nessa época do ano, não inviabilizem a rota. E também para concentrar as subidas logo no começo, e a parte plana para o final.

A rota terá 200 km e 3000 metros de altimetria acumulada. O tempo limite é de 13,5 horas, e é preciso fazer uma velocidade minima de 15 km/h.

Mantenha as paradas otimizadas, e se estourar o tempo nos 75 kms iniciais, mantenha o o ritmo e conte com o trecho “mais fácil” do final.

Dinâmica

Mais uma rota mista (asfalto/terra) para o nosso calendário. Para os que participam pela primeira vez de um evento misto do RMC, ele segue as mesmas regras de um brevet tradicional (asfalto):

  • Pontos de Controle Virtuais: tire uma foto ou pegue um comprovante de pagamento
  • Navegação é fundamental: utilize um dispositivo com GPS (ciclocomputador ou celular), o mapa é disponibilizado digitalmente via Ride with GPS e também temos a planilha de rota. É fácil se perder e com isso perder tempo. Fique atento!
  • Pode usar qualquer bicicleta.

Largada

O brevet vai ter como base o Salesópolis Hostel. O hostel dispõe de estacionamento pequeno, entretanto há bastante espaço na rua para estacionar, e relativamente seguro.

Para comer antes, durante ou depois do brevet, nós sugerimos esses dois lugares:

Pontos de Controle

Por ser um brevet 200 km, tem vários PCs, para tentar ajudá-los a não se perder:

Horários somente para referência, o horário correto de largada será o anotado pelo voluntário no momento da largada do ciclista.

PCCidadeDistância Total [km]AberturaFechamento
Largada – Salesópolis HostelSalesópolis06:007:00  Fechamento: 8:30  
PC1 – Parque Nascentes do TietêSalesópolis207:007:30
PC2 – Placa Estrada da Petrobrás (saída)Salesópolis27,57:308:00
PC3 – Padaria Pão PerfeitoParaíbuna749:0011:00
PC4 – Padaria RainhaSanta Branca111,512:0015:00
PC5 – Estação de GuararemaGuararema13111:3013:30
PC6 – Padaria Nossa Senhora do SocorroMogi das Cruzes15714:0016:30
Chegada – Salesópolis HostelSalesópolis20015:0020:30

Salesópolis à Paraíbuna

Siga sentido à Rod. dos Tamoios pela SP-088, logo no km 2.8 do brevet, numa rotatória, você já verá uma placa Estrada da Petrobrás, siga à direita.

A Estrada da Petrobrás é um roteiro “clássico” para os praticamentes de Mountain Bike, vamos usar parte dessa estrada como caminho do brevet, e que é belissima!

Ela é de terra bem batida, que rolará bem e com alguns trechos com pedras, mas nada que atrapalhe muito.

Após entrar no trecho de terra, fique atento à todas as placas “Nascente do Rio Tietê”, siga todas!!!!!

Se precisar de algum apoio no trajeto, perto do km 10 tem a Mercearia Tá na Roça.

E também, no km 15, tem a Mercearia e Bar do Luis, e pela foto dá para perceber que o local é “Bike Friendly”!

O primeiro Ponto de Controle será no Parque Nascentes do Tietê, no km 20 do brevet. Só tirar uma foto e voltar pelo mesmo caminho que veio.

Após o PC 1, retorne para a Estrada da Petrobrás e siga até o km 27.6 do brevet, onde irá encontrar o segundo Ponto de Controle, uma placa com a inscrição “Base Capela – 03 km”, tire uma foto e siga à esquerda.

Se prepare para a descida, é rápida, com bastante folhas, pequenos galhos e pedras soltas.

Tem dois pontos que vale se atentar. Um deles tem um riacho e uma placa “Tamoios”, siga à direita, no km 35.7 do brevet.

Outro ponto é o km 37.9 do brevet, siga à esquerda, passando sobre a ponte.

No km 42.5 do brevet você chegará de volta à SP-088 – Rod. Prof. Alfredo Rolim de Moura. Depois de 2 km estará no Bairro do Cedro – Paraíbuna-SP, onde tem um bom Ponto de Apoio, na Lanchonete da Rosana.

Vale a pena se reabastecer para enfrentar a Rod. dos Tamoios até Paraibuna.

Atenção à Rod. dos Tamoios! Atenção ao estreitamento de pista e acostamentos. Muita atenção às placas! 

A Rod. dos Tamoios é um sobe e desce interminável (espero que não tenham vento contra). Pegue a saída logo apos o km 34 da rodovia e 72.5 do brevet e entre na cidade de Paraíbuna. Siga a rota até o Terminal Rodoviário da cidade, o o terceiro Ponto de Controle, na Padaria Pão Perfeito, no km 74 do brevet.

IMG_1036_(1)

Paraíbuna à Guararema

De Paraíbuna até Guararema será via Rota da Luz, (no sentido inverso). A rota faz parte da iniciativa Caminha São Paulo da Secretaria de Turismo, saindo da Estação Estudantes de Mogi das Cruzes e indo até a Basilica de Aparecida, passando predominantemente por estradas de terra.

Fique atento as setas amarelas, siga o sentido oposto delas.

A estrada é um mix entre terra batida e trechos com erosões e pedras. Nessa época do ano, elas são “mutantes”, a cada chuva se transforma. Fique atento a rota e siga sempre pela estrada mais batida (em caso de dúvida).

E se não tiver certeza, pergunte pelo caminho para Santa Branca, não tem como errar.

O quarto Ponto de Controle será a Padaria Rainha, no km 111 do brevet, em Santa Branca, bem no centro. Vale a pena respirar para seguir no últimos 90 km do brevet, o pior já passou e ainda dá para recuperar o tempo.

Se Santa Branca ao quinto Ponto de Controle, na Estação Ferroviária de Guararema, no km 131 do brevet, é um trecho muito rápido de terra batida e de asfalto já na zona urbana de Guararema. Continue aproveitando para recuperar o tempo.

IMG_1012

Guararema à Mogi das Cruzes

O trecho entre Guararema à Mogi das Cruzes passa por duas localidades bem conhecida pelos ciclistas locais: Sabaúna e Luis Carlos. Luis Carlos parece uma cidade cenográfica no meio do mato.

Já Sabaúna também tem uma estação de trem bem antiga, só que não tem o mesmo “glamour” que Luis Carlos.

Após Sabaúna, siga sentido centro de Mogi das Cruzes e pare na Padaria Nossa Senhora do Socorro, esse será o sexto e último Ponto de Controle (fica na frente da Igreja Nossa Senhora do Socorro), km 157 do brevet.

Mogi das Cruzes à Salesópolis

Os 5 primeiros quilômetros não possuem acostamento. Acostamento somente depois do córrego Cocuera, na altura da Estrada do Nagao. Deve-se ter cuidado se você estiver com pneus finos pois a região integra o Cinturão Verde e há uma certa movimentação de máquinas agrícolas na pista, além de terra e areia dessa época chuvosa. Assim, muita atenção para não cair.

Usem esse trecho para continuar ganhando tempo, ele é muito plano!

Se precisar de alguma coisa no caminho, uma boa parada é a Panificadora Biritiba Mirim, no km 177 do brevet.

IMG_0320

E para um último respiro tem a Panificadora Lorca & Lima no Bairro N. S. dos Remédios, no km 186 do brevet.

IMG_0317

A chegada será no mesmo ponto de partida, no Salesópolis Hostel.

Dúvidas? Procurem o balcão de informações ou comentem aqui no blogue.

This entry was posted in brevet 200km, Briefing, salesópolis. Bookmark the permalink.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.